Total de visualizações de página

segunda-feira, 15 de dezembro de 2008



zara made in china




ontem fui até o shopping Iguatemi fazer uma “produça” de figurino, aquelas produções guerreiras que você chuta e corre para o gol para defender.
em meio aquele consumismo natalino resolvi entrar na lendária zara, assim como nunca comi pizza hut, nem outback e ainda não fui apara o afeganistão, resolvi adentrar a loja que todas as minhas amigas idolatram.
quando entrei já vi duas consumidoras compulsivas se digladiando por um par de sandálias, cada uma com um pé de mesmo número na mão, acho que era o último par, porque a briga foi feia.
dei um role na loja e me perguntei o que eu escolheria se eu fosse ganhar algo de lá, caraca, fiquei em dúvida porque não gostei de absolutamente nada, salvo por uma echarpe made in china, que me custou cinqüenta paus.
umas roupas mal acabadas de estampas de mal gosto de cortes duvidosos. putz agora fodeu, resolvi ganhar uma graninha e abraçar figurino, tô ficando uma pessoa um tanto “viada”.
mas viadagens a parte, que glamour é esse que as mulheres enxergam na zara? se noventa por cento das suas roupas e acessórios são confeccionados carinhosamente por pobres e virgens chinesas que nas horas vagas petiscam um cachorrinho?
roupas e sapatos que encontramos facilmente na glamourosa vinte e cinco de março e com a vantagem de pagarmos um terço do valor. fiquei de cara, juro!
na hora de pagar, uma fila enorme, com peruas sem braços para segurar a quantidade de mimos chineses que certamente serão distribuídos no natal.
posso até imaginar a cara das pobres iludidas de quem recebe:
- é da zara!!!
na hora de pagar fiz questão de chocar e pedir para dividir em várias vezes, a cara da caixa e das peruas foi impagável!
adoro chocar, sem dadaísmos sem causa, mas o prazer de sentir a reação dos chocados é deliciosa.
ps: lembrar de levar isso para a terapia.
que incrível, senti uma leve zombada da caixa e olhares me queimando das consumidoras. foi bem prazeroso.
guardei o meu cartão com muito carinho como se eu não tivesse limites para gastar nele.
dividi em 4 vezes. mal saí da loja e coloquei a echarpe, linda e chinesa!

2 comentários:

fernando lopes disse...

seu blog é legal!

Anônimo disse...

adoro seus comentários,fer.rs
vindo de você, um dos caras mais inteligentes que conheço!
me sinto uma "carrie bradshaw", menos superficial, é claro