Total de visualizações de página

quinta-feira, 10 de abril de 2008























todo dia ela faz "quase " tudo sempre igual

ela acorda às 7:30 e sai às 8:30, desvia das 176 fezes caninas diárias do seu bairro .
cumprimenta o cara banca da esquina, afinal faz 2 anos que se vêem diariamente .
e caminha até seu trabalho. no caminho, observa as meninas estudantes de moda neo- classicas- modernas- vintage do inferno, de uma universidade próxima. muitas vezes se inspira em alguma delas, mas para ter certeza que nunca se vestirá assim.
segue seu curso sorrindo e acenando para as figuras que quase sempre cruza pela manhã.
ao chegar em seu trabalho se depara com sua mesa, como de costume cheia de convites de festivais, mostras e pré estreias de filmes que nem se o tarantino fosse buscá-la pessoalmente dirigindo uma kombi da produção do seu filme que supostamente estaria sendo rodado no Brasil, ela iria assistir. ou será que iria com um apelo desses?
de qualquer forma , ela teria o dia inteiro para decidir se iria ou não ao cinema com o tarantino.
que dúvida! ela pôde constatar que o livre arbítrio ia muito além de escolher o leite com café ou nescau pela manhã.
o dia estava apenas começando...

2 comentários:

sapatha disse...

e toda manhã, aquela profunda respirada.
é vamo simbora!

Fernando Bossa Veia disse...

Eu também vejo essas menias pela manhã, nome do filme. A vida é bela e meu pai é rico rsrsrs
Beijunda